A tecnologia e as redes sociais, em especial, nos permitem colocar em contato com muitas pessoas dos mais diversos locais, profissões, idades, e foi através dessas ferramentas que tive o prazer de conhecer a Amanda, mais precisamente em agosto de 2015 na etapa do Superbike em Interlagos. Nos conhecemos no box tiramos uma foto, depois nos reencontramos no Salão Duas Rodas em outubro no Stand da Riffel e fomos estreitando nosso relacionamento, até chegarmos a um quesito que quase ninguém sabe: sou escritora/colunista de diversos jornais, revistas e sites no Brasil, até 2014 o foco era sobre motivação pessoal/profissional, mas como entrei para a motovelocidade comecei a escrever sobre o assunto usando as minhas experiências como exemplo.

02

Quando fiz minha estréia em Interlagos em julho de 2014 a idéia que eu tinha é a mesma que muitos têm de que é só sentar na moto e acelerar… Lamento informar que não é, e para que possamos dar mais informações sobre o assunto, a partir de hoje estarei escrevendo uma coluna no portal. Desde os 13 anos sou apaixonada pelas duas rodas e defendo que a mulherada tenha seu espaço; sempre andei de moto, mas foi em 2012 que tive a oportunidade de andar na pista pela primeira vez e desde então, timidamente venho levantando essa bandeira, e a cada dia que passa mais portas se abrem para que eu possa mostrar esse trabalho.

9Ser piloto… Dicas de pilotagem urbana e pista… Busca por patrocínio… Criação de Portfólio… Marketing… Uso de equipamento de proteção dentro e fora da pista… Enfim, saber o beabá de como tudo acontece dentro e fora das pistas, estes serão os assuntos abordados na minha coluna no portal.Fiquem ligados!

Márcia Reis (RS) – Piloto de Motovelocidade e Supermoto. Motociclista, escritora e colunista de diversos jornais e sites no Brasil, a loira defende que as pessoas venham acelerar com segurança nos autódromos, principalmente as mulheres.

#VEMPRAPISTAMULHERADA