O Grupo Piaggio elaborou um plano inovador de vendas e distribuição para recepcionar a chegada ao Brasil do seu maior ícone mundial: a Vespa. O projeto foi pensado para surpreender o consumidor brasileiro, por isso estreia com um conceito mundial até então inexistente no mercado nacional. A operação contará com quatro modelos da scooter: Primavera (125 cc e 150 cc), Sprint (150 cc) GTS 300 (300 cc) e Vespa 946 Empório Armani.

Porta de entrada da montadora italiana, a Primavera 125 cc, já está sendo comercializada através da página da companhia por R$ 22.890,00.

Uma das grandes novidades para os colecionadores e apaixonados pelo símbolo de duas rodas é a série histórica com edição limitada. Com valor de R$ 27.930,00, as Vespas da Série Histórica foram feitas para comemorar a chegada do Grupo Piaggio no Brasil. Os modelos virão com uma plaqueta que conterá a numeração especial de “0001” a “1.000” e a imagem da bandeira nacional. Os clientes também receberão uma placa com seu nome, certificada pela Itália, que trará a mesma numeração impressa na moto. Além disso, a lateral do veículo contém as cores da bandeira da Itália junto com o logotipo Vespa. O modelo escolhido para receber a distinção foi a Primavera 150 cc, um dos maiores sucessos do Grupo Piaggio.

“Estamos escrevendo um dos capítulos mais importantes do segmento nacional de duas rodas. É com muito orgulho que integro este projeto inovador, cuja visão é tornar o Grupo Piaggio referência nacional no setor de motocicletas, principalmente no segmento de scooters. O objetivo é oferecer ao mercado mais do que apenas uma opção de transporte, mas sim uma nova solução de mobilidade urbana, dentro de uma concepção fashion, sofisticada, autêntica e premium”, ressalta Longino Morawski, presidente do Grupo Piaggio Brasil.

Estratégia de entrada

A operação contempla ações estratégias com metas de curto e longo prazos, que passa por duas etapas bem definidas. A primeira é a fase CBU (Complete Built-Up). Nesta modalidade, a empresa espera comercializar mais de 2.000 Vespa em 2016. Já para o ano seguinte, a perspectiva de vendas é ultrapassar 12.000 unidades da scooter. As expectativas para 2018 preveem a inclusão de novos produtos Piaggio montados no País, que contribuirão para um volume de 35 mil motos anuais.

A segunda etapa é a consolidação da fábrica, que será implantada em Manaus a partir de 2018. A planta será do tipo CKD, no qual os kits vêm diretamente da matriz e são complementados com componentes nacionais. Utilizando mão de obra local, a capacidade inicial está prevista para produzir 35 mil unidades/ano. Por ser de tipo modular, seu crescimento se dará de acordo com a demanda e com o plano de expansão da Piaggio no País.

Sem concessionárias

Um dos pontos mais inusitados de toda a estratégia da Vespa no Brasil é que a montadora terá uma rede de vendas totalmente inédita no País. Quem explica o motivo é o presidente da montadora. “Estamos trazendo uma marca italiana de luxo, despojada, moderna, tecnológica e premium. Por estes motivos, não faz sentido prepararmos uma estrutura de vendas convencional, que não tenha os mesmos atributos. Portanto, não teremos concessionárias, nós abriremos uma rede própria de Boutiques.

Para ambientar as Boutiques, foi aplicado o conceito de retrô-contemporâneo. O espaço será moderno, mas mesclado ao charme italiano clássico, vintage, que é a marca registrada da scooter. O espaço contará com café e o lounge, wi-fi grátise carregadores de celular à disposição dos clientes.

A interatividade será um dos pontos altos das lojas. O cliente começa customizando sua Vespa digitalmente. Por meio de um display touch screen, poderá configurar seu veículo, escolhendo o modelo, a cilindrada, as cores da scooter e do assento, e o material do banco.

Com a moto escolhida, o consumidor terá à disposição um consultor, que desempenhará papel fundamental na operação. Um dos pontos mais importantes das Boutiques será o pós-vendas, que terá uma área de assistência técnica abastecida com equipamentos e ferramentas desenhados com o padrão Vespa, ou seja, premium. Também armazenará estoques de peças para suprir as necessidades de manutenção dos produtos. Suas características mais acentuadas são a tecnologia de ponta, limpeza e organização para maximizar a produtividade. Ao mesmo tempo, sua arquitetura será sofisticada, com design e estilo.

A primeira boutique-modelo será inaugurada na primeira quinzena de novembro, no bairro do Morumbi, Zona Sul de São Paulo.

vespafb

Desenho do layout da Boutique Vespa

Boutique de shopping

Da mesma forma que as grandes marcas fashion possuem tanto boutiques de rua quanto de shopping, com a Vespa, que também é uma grife ligada à moda e símbolo de estilo, não será diferente. As duas primeiras Boutiques desta modalidade serão inauguradas no JK Iguatemi e Iguatemi Campinas já no dia 22 de outubro, e irão estrear as vendas da Vespa no País. Outras unidades serão abertas até o fim do ano. “Como vocês puderam averiguar, nossas boutiques são mais do que simples lojas, são uma experiência completa”, destaca.

Conheça os modelos disponíveis para o Brasil 

vespa-primavera-2

Vespa Primavera

vespa-primavera-7

Vespa Primavera

vespa-primavera-8

Vespa Primavera

vespa-sprint-4

Vespa Sprint, apelo esportivo

vespa-sprint-6

Vespa Sprint

Vespa GTS 300

Vespa GTS 300

vespa-sprint-2

Vespa Sprint

 

946-ea11

Vespa 946 Empório Armani, um luxo