Olá pessoal, mais uma experiência nova para contabilizar no meu currículo, no dia 09 de outubro participei do primeiro Curso TPM. Segundo Pablo Berardi – piloto-instrutor responsável pela Triumph Experience (setor responsável por viagens, cursos e track days) – o nome TPM foi uma brincadeira que os instrutores fizeram, por que reunir 12 mulheres no mesmo curso foi um grande desafio. “Putz não vai ser fácil”, disse Pablo, explicando que na verdade a sigla TPM é Triumph Para Mulheres, (curso que aconteceu no Campo de Provas da Pirelli em Sumaré/SP).

img_8986

Primeiro Curso TPM – Triumph Para Mulheres – TRX

Pablo nos conta ainda que vinha percebendo cada vez mais a presença do público feminino nos cursos convencionais da Triumph e por isso resolveram fazer um teste e criar o primeiro TPM. “Antigamente não tinham tantas mulheres pilotando, então como este público está crescendo cada vez mais resolvemos fazer esse teste, trazendo um projeto especial com o objetivo de atender as necessidades delas, com exercícios voltados a uma menor estatura e força física em relação aos homens, fazendo algo mais direcionado e procurando aprender e entender um pouco mais sobre quais são as dúvidas e interesses da mulherada.”
          De acordo com Pablo, a Triumph tem feito outros eventos como o Espaço Mulher e o Espaço Kids, procurando envolver a mulherada nas atividades da TRX. “Queremos trazer a família para o mundo da moto. Por que muitas vezes a mulher é decisiva na compra que o marido faz, e se ela não se envolve com a ação o marido fica sem opção de andar de moto, então vamos trazê-las para o mercado também, e melhor ainda, pilotando e não na garupa.” Complementa Pablo.

Parte teórica ministrada em sala de aula pelo piloto-intrutor Tales Monteiro

Mulherada animada na aula teórica ministrada pelo piloto-intrutor Tales Monteiro

Já Tales Monteiro, que também é piloto-instrutor do TRX – Triumph Riding Experience – diz que foi um curso praticamente para “entender as mulheres”. “Foi muito legal, pois entendemos que a mulher tem a mesma capacidade do homem, aliás, até um pouco mais de sensibilidade para pilotar a moto, por outro lado, precisamos trabalhar muito a questão da insegurança. Apresentamos os exercícios, e normalmente o feedback é: ‘ah eu não vou conseguir fazer!’, daí tenta e faz perfeitamente, com a técnica bem limpa, bem lisa, e isso foi muito impressionante, por que quando a  gente houve ‘eu não consigo fazer’ esperamos que a pessoa não consiga mesmo, e todas se saíram super bem, ficamos muito felizes por essa oportunidade”.

Quando questionado se haverá uma próxima oportunidade de reunir a mulherada novamente para realizar outro TPM, Tales respondeu que a TRX está buscando cada vez mais inserir o público feminino nos eventos que realizam. Disse ainda que o Curso TPM veio para ficar, e estão estudando o calendário para inserir novos eventos em 2017, visto que a temporada de cursos deste ano está quase se encerrando, e que a idéia é criar mais eventos para o público feminino, tais como passeios, viagens, cursos, workshop e uma série de atividades onde as mulheres possam usufruir da motocicleta com segurança e assessoria equipe qualificada.

Parte teórico/prática ministrada em pista pelo piloto-intrutor Tales Monteiro

Parte teórico/prática ministrada em pista pelo piloto-intrutor Tales Monteiro

 

Carla com uma Tiger 800 XC sem nunca ter pilotado antes! #MULHERADANAPISTA

Katia com uma Tiger 800 XC sem nunca ter pilotado antes!
#MULHERADANAPISTA

Uma das presenças que considerei mais marcante no curso foi a de Katia Ardito Gandini, que mora em São Paulo. Quando Katia era muito pequena teve uma experiência ruim de moto, ela caiu um tombo e resolveu bater de frente com o trauma participando do curso. Desde o incidente ela nunca mais havia subido em uma motocicleta e também não tem habilitação, incentivada pelo marido ela foi fazer o curso para aprender a pilotar e futuramente quem sabe adquirir uma motocicleta.

 

 

Catia com o marido no curso TPM

Katia com o marido no curso TPM

“Eu vim fazer o curso para aprender primeiro antes de pensar em ter uma moto e foi ótimo! Achei que já estava pilotando, me perdi em uma curva e acabei tomando um chão e foi muito importante, pois peguei mais confiança. Foi excelente! Por que daí eu fui lá e fiz o exercício mais umas dez vezes para não ficar traumatizada, eu estava com a Street Twin e depois peguei uma Tiger 800 e adorei! Achei ela bem mais segura, me senti bem mais a vontade e achei ótimo”.

Seria perfeito se todos pensassem como a Katia e primeiro aperfeiçoassem as técnicas de pilotagem antes de sair pelas ruas acelerando. Lembrando sempre a importância de usar equipamento de proteção, principalmente as pessoas que trabalham diariamente com motocicletas, fique atento, use no mínimo capacete fechado e bem afivelado, casaco com proteções, um jeans, luvas fechadas e bota sem cadarço. Fique ligado! Pilote Equipado e Consciente!
Para encerrar, Cinthia Morales que é instrutora no curso feminino da Triumph nos diz que foi uma experiência muito gratificante dar aula para as mulheres, que diferentemente dos homens não tem vícios ou manias, ficando mais fácil de ensinar os exercícios. “Algumas chegaram acreditando que não iriam conseguir, pois as motos são grandes e pesadas, mas após algumas voltas já eliminaram esse conceito e foram se familiarizando”, disse Cinthia que ainda deu algumas dicas de como manter as madeixas lindas após uma viagem, seja pilotando ou na garupa e ainda sobre quais são as vestimentas apropriadas e o tipo de luvas para proteger as unhas, pois mulheres pilotos ou motociclistas também são vaidosas. Ela complementa dizendo: “foi muito divertido, pois na pilotagem podemos ter o mesmo desempenho masculino e até melhor e com certeza saíram do curso acreditando na própria capacidade e com muito mais confiança de que quando chegaram, aprendendo inclusive a levantar a moto sozinha em caso de emergência”.

turma

Final do curso as alunas do TPM juntamente com os instrutores

Para 2017 novos cursos TPM estão sendo programados, fiquem ligadas! Foi uma experiência incrível, se tiver oportunidade faça também e #VEMPRAPISTAMULHERADA

Acompanhem-me pelas redes sociais:
Facebook: https://www.facebook.com/MarciaReisPilotoSBK
Fan Page: https://www.facebook.com/marciareis97/
Blog: http://quersabermr97.blogspot.com.br/
Instagram: @marciareis97
Sites:
http://www.mulheresdemoto.com.br/
http://sitepapocabeca.com.br/category/esporte/