Olá pessoal! Estamos nos “infiltrando”, e cada vez mais as mulheres estão provando que seu lugar é “atrás do tanque” de uma moto! Em 2017 o projeto #VEMPRAPISTAMULHERADA entrou com o pé direito e em parceria com a SAF – Rio de Janeiro estão trazendo mais uma piloto pra pista. No próximo domingo (23) a piloto Thaygla Macena #07, que até então havia participado apenas de campeonatos no Nordeste, virá de Recife/PE e terá a oportunidade de estrear para o Brasil na primeira Etapa do Superbike que acontecerá em Interlagos.

Este ano promete e elas vem com tudo! Na Copa Honda CBR 500R está prevista a participação de cinco nomes femininos, Suzane Carvalho (#11) e Márcia Reis (#97) que estavam afastadas das pistas do Superbike estão retornando; MaFe (#22) com nítida evolução também estará participando; Linda Raad (#23) e Thaygla Macena (#07).

Ainda está prevista a participação de Indy Muñoz (#199) e Sarah Conessa (#5) na categoria 300cc. Em 2016 na categoria de base Honda Junior Cup participaram Raquel Vaz (#99), Gabrielly Lewis (#17) e Ana Beatriz Valverde (#35). Para 2017 até o momento temos apenas o nome de Ana Beatriz e Gabrielly Lewis confirmados. Segundo Wendell Vaz, pai da piloto Raquel eles ainda estão trabalhando na captação de patrocínio para que ela retorne as pistas este ano.

Desde o ano passado Isabel Lemos (#17) tem se dedicado aos cursos e track days e no dia 23 participará da categoria Escola com a equipe ELB chefiada por Edson Luis Barbosa. A piloto que vem se destacando nas pistas, participou da 2º etapa da Copa Pirelli na categoria 600cc e no domingo passado (16) do Campeonato Paulista de Motovelocidade em Interlagos e subiu ao pódio em 2º lugar na categoria Escola 600cc.

A mulherada está cada vez mais firme no propósito de dividir as pistas com os homens mostrando que não são mais o “sexo frágil”, e não podemos esquecer também de alguns grandes nomes como de Sabrina Paiuta, Samara Andrade, Carla Abrahão, Cris Trentim, Ilaine Ceratti, Julie Maioli, Gabi Racer, Vanessa Daya (in memoriam) e muitas outras que hoje não estão nas pistas mas que foram guerreiras e também escreveram seus nomes na história da motovelocidade representando o time feminino em diversos estados brasileiros, assim como Ana Lima “japonesa voadora” que se tornou a primeira mulher a vencer uma corrida de motovelocidade no Brasil em outubro de 2004 na categoria 125cc em uma prova do Campeonato Brasileiro realizada no Paraná.

A partir de quinta-feira (20) as pilotos Márcia Reis (#97) da Equipe Motonil Motors e Thaygla Macena (#07) da Moretti Racing Team já estarão em Interlagos treinando para o acerto das motos e reconhecimento de pista.

Em 2017 ainda teremos muitas novidades sobre o Projeto #VEMPRAPISTAMULHERADA fiquem de olho nas redes sociais, curtam e compartilhem os eventos e histórias envolvendo as mulheres, sejam eles viagens ou competições ON e OFF road na nossa página https://www.facebook.com/MRRacingTeam1/, pois queremos saber tudo que acontece com a mulherada. E se você está gostando coloque as nossas hashtags #vemprapistamulherada e  #mulheresdemoto em suas postagens e nos ajude a divulgar cada vez mais essas guerreiras que ousam em duas rodas!

Acompanhem-nos também pelas redes sociais:
Facebook: https://www.facebook.com/MarciaReisPilotoSBK
Fan Page: https://www.facebook.com/marciareis97/
Blog: http://quersabermr97.blogspot.com.br/
Instagram: @marciareis97
Sites:
http://www.mulheresdemoto.com.br/
http://sitepapocabeca.com.br/category/esporte/