Com a chegada do verão e da temporada de férias, as viagens são mais frequentes, e por que não fazer uma viagem de moto? Mas antes de cair na estrada é preciso ter alguns cuidados, que vão desde a manutenção da moto, até dicas de pilotagem.

Programando a viagem de moto

Se você acompanha a nossa coluna da Pereirão, sabe que trocar o óleo do motor na quilometragem correta e verificar os níveis do óleo, do fluído de freios e da água do radiador (para as motos com refrigeração à água), verificar se a corrente esta esticada e lubrificada são itens básicos do dia a dia da motociclista. Então, não custa nada lembrar que antes de viajar também é importante checar esses itens.

Os freios são essenciais para a moto, e frear errado pode resultar em um acidente. Antes de viajar verifique a espessura da pastilha ou lona de freio, bem como o ajuste do pedal do freio traseiro.

A calibragem e o estado dos pneus são muito importantes, pois um pneu mal calibrado pode ocasionar problemas na frenagem, pois perde aderência com o asfalto. Isso também ocorre se o pneu estiver careca e nesse caso o pneu perde aderência com o solo dificultando na frenagem e até ocasionando queda, principalmente se estiver chovendo.

Para prevenir furos, muitos mecânicos recomendam utilizar o produto chamado de “vacina de pneus”. Em caso de furos na câmara é liberado um produto que tampa o furo, dando mais tempo para encontrar um borracheiro.

Kit Sobrevivência

Caso você entenda de motos ou acompanhe a nossa sessão da Pereirão, recomendamos levar alguns itens de sobrevivência, como: duas câmaras extras (vai que você é azarada), vela de ignição, lanterna, lâmpadas do farol e da lanterna.

Durante sua viagem de moto

Viagem de Moto HorizonAtenção ao pilotar é essencial e pode salvar sua vida. Evite pilotar cansada ou com sono. Sob o efeito do álcool então, nem pensar!

Além de capacete, que é obrigatório, jaqueta apropriada para andar de moto, bota, calça (de preferência de lona ou couro com proteção) e luvas são muito importantes e podem garantir a integridade física em caso de queda.

Capa de chuva é muito importante, ainda mais no verão onde ocorrem pancadas inesperadas.

Inclusive, em caso chuva evite inclinar demasiadamente a moto em uma curva, evite poças, pois podem conter buracos e bueiros, evite transitar sobre as faixas pintadas, pois elas se tornam escorregadias.

Além disso, em caso de neblina, mantenha distância segura dos demais veículos e ligue o farol baixo ou de neblina.

Não se arrisque se a chuva ou a neblina estiverem muito fortes. Pare a moto em local seguro e espere a condição melhorar.

Tenha cuidado na hora de realizar a ultrapassagem e certifique-se de que foi notado pelo motorista. Mantenha sempre o farol ligado e evite os pontos cegos dos carros. Não vale a pena estragar sua viagem de moto por um descuido, né?

O uso do acostamento é para emergências, lembrando que trafegar no acostamento dá multa. Caso seja extremamente necessário parar ou andar no acostamento, ligue o pisca alerta, desça da moto e a empurre.

Depois da Viagem

Conte para nós como foi sua viagem de moto!

Fonte: G1/Mulheres de Moto